sábado, 23 de abril de 2011

Projeto MudaMundo

Projeto elaborado durante o Programa Pró-Letramento (matemática), sob a tutoria de Patrícia Pinho (SME/ Canoas)

Projeto MudaMundo
Daniele Barbosa dos Santos
Temática: Meio ambiente; Livro 4, “Que lixo é esse?”
Público alvo: 1° ano do ensino fundamental
Duração: quatro dias


Objetivos gerais
Possibilitar situações que levem os envolvidos a refletir sobre a importância de suas atitudes em relação aos diferentes ambientes que os cercam e dos quais fazem parte, percebendo que meio ambiente diz respeito ao "espaço" em que um ser vive. Registrar, organizar e interpretar informações relacionadas a essa temática resolvendo situações-problema tanto oralmente ou a partir de linguagens informais, quanto através da linguagem matemática sistematizada.
Desenvolvimento
      1° dia:
·         Leitura expositiva do livro;
·         Apresentação de uma grande tabela (em papel pardo) dividida em quatro partes principais que irão corresponder a quatro momentos da história;
·          Ordenar momentos (anexo) da história, de acordo com a sequência lógica da história, relembrada pelo grande grupo;
·         Cada aluno receberá uma tabela (anexo) com quatro colunas, onde irão elaborar um desenho para cada momento destacado na grande tabela. Esses desenhos e a grande tabela servirão como orientação para os alunos durante as demais tarefas durante a semana;
·         Após, atentaremos para os desenhos que ilustram a primeira parte, relembrando esse momento na história. Faremos uma pesquisa na sala, listando algumas brincadeiras que realizamos em dias de chuva, situação em que, muitas vezes, não saímos de casa para brincar;
·         Organizaremos um gráfico de barras (em papel pardo) da turma, destacando cinco brincadeiras mais mencionadas. Cada aluno responderá à pesquisa, colando um quadradinho de E.V.A. na brincadeira escolhida. Organizaremos uma legenda: quadradinho de tal cor, para menino, quadradinho de tal cor, para menina;
·         Faremos a leitura oral do gráfico concluído, observando: qual brincadeira é a preferida em dias de chuva; qual a menos preferida; quem brinca mais de tal brincadeira, se meninos ou meninas... ;
·         Registrar, com desenho de um aluno, a brincadeira favorita dos alunos da turma, colando esse desenho na 1ª parte da grande tabela.
      2° dia
·         Observaremos, na tabela individual, o que aconteceu na história de acordo com os desenhos registrados. Apresentarei, dentro de uma caixa grande, diversas sucatas que representarão o lixo que se acumulou nas ruas. Selecionarei: caixinhas de gelatina, creme dental e suco; latinhas de desodorante; copos e potes plásticos;
·         Distribuirei uma folha contendo uma figura de cada um desses itens (anexo). A tarefa dos alunos será tentar adivinhar quantas embalagens/potes existem dentro da caixa, após breve observação da caixa. As estimativas variarão entre 1 e 10 unidades de cada embalagem/pote. Retomarei numerais e quantidades referentes à tarefa. No primeiro quadro, os alunos registram suas estimativas e, no segundo quadro, escreverão a quantidade real. Contarei as embalagens de cada tipo em grande grupo. Os alunos irão confirmar ou não, suas deduções.                        
3° dia
·         Relembraremos, através de nossos registros (tabelas) e do livro, a terceira parte da nossa síntese da história. Destacarei o momento em que os três personagens vão observar o lixo espalhado pela rua. Então lançarei um desafio: “Cada personagem vai observar a rua alagada duas vezes. Nenhum personagem poderá ir sozinho. Mas em cada uma dessas duas vezes, o personagem não poderá repetir seu acompanhante. Como eles farão? Quantas vezes será preciso ir até a rua alagada para que todos vejam duas vezes o que aconteceu?”;
·         Resolveremos em grande grupo, oralmente. Após, cada aluno fará um desenho representando suas combinações.
      4° dia
·         Retomaremos o final da história, observando nossas tabelas (individual/grupo). Conversaremos sobre a ideia de João para mudar o seu mundo, separando o lixo/resíduo da sua casa;
·         Reapresentarei a grande caixa contendo as embalagens/potes e pedirei que alguns alunos separem aquele material de acordo com suas características: plásticos, papelão e lata. Faremos esta separação colocando as embalagens/potes em cima de três mesas identificadas (plástico/papel/lata) para uma boa visualização;
·          Lançarei uma questão oralmente: “Se tentarmos empilhar cada tipo de material, qual (ou quais) irá (ou irão) cair rapidamente? Qual tipo de material pode ser empilhado em grande quantidade, demorando a cair? Plástico? Papelão? Lata?”. Os alunos poderão manusear e empilhar o material disponível, confirmando ou não suas suposições;
·         Pedirei que os alunos selecionem alguns materiais para construirmos um boneco. Este boneco será um colaborador na mudança de um de nossos mundos sociais: a escola.
·         Tendo sido construído, contaremos quantas embalagens de cada produto foram utilizadas no nosso boneco. Organizaremos um gráfico (anexo) destacando essas informações (quantidades utilizadas) através da pintura de um quadrinho para cada unidade de embalagem;
·         Poderá ser feita uma votação a fim de eleger um nome para o boneco, utilizando, como registro de cada voto, um traço com giz ao lado do nome, no quadro verde.
·         Dando continuidade à temática, o boneco poderá deslocar-se a cada dia pela escola, contendo recados de conscientização sobre cuidados com o meio em que vivemos.
 Ex: Perto do banheiro: “Economize água!” ou “Mantenha o banheiro limpo!”
Com ele, poderá existir uma pasta/caderno com os registros de cada local onde ele ficou ou ficará, recados dos “visitantes” dos locais onde o boneco foi instalado, cartazes participativos onde cada um deixa um recado comentando sobre o tema do dia e etc.
Avaliação
Será considerado satisfatório se os objetivos forem alcançados a partir da participação dos educandos nas atividades propostas, tendo como resultado uma mudança de comportamento e a construção de posicionamentos críticos nas situações sociais do dia-a-dia.
Anexos:





sábado, 9 de abril de 2011

Como nascem os bebês (PIXAR)

Além de encantador, o vídeo apresenta relações de amizade e possibilita levantar questões sobre como nascem os animais, desencadeando atividades e projetos sobre o tema.

sexta-feira, 8 de abril de 2011